Ps.: I Love You

“I know what I want, because I have it in my hands right now. You.”Ps.: I Love You

H+C

Você já se imaginou ao lado de uma única pessoa pelo resto da sua vida? Você já parou pra pensar como tantos casais ficam juntos anos e anos, se amando como se não houvesse amanhã, sendo fiéis e apaixonados até “que a morte os separe”? Você já imaginou que iria se apaixonar por coisas que você nunca nem pensou só porque aquela pessoa te fez gostar dessa coisa? Você já tinha pensado que seus próximos domingos seriam passados em casa, na frente da televisão, vendo futebol e zuando aquela pessoa que você ama tanto, mas infelizmente é corinthiana?

Eu nunca tinha pensado ou imaginado essas coisas.

Eu nunca tinha nem pensado em gostar de alguém alguma vez na vida. Casar? Ter filhos? Fugia dessa ideia igual o Diabo foge da Cruz! Mas, como Deus é bom, paguei minha língua muito bem paga. E em prestações que vão durar a vida toda, se Deus quiser (e Ele quer!).

Dia 26.06.2004, em uma FESTA JUNINA, ao som de sertanejo feat. forró, encontrei o amor da minha vida. Cabeludo, magrelo, guitarrista e usava boné. Amor à primeira vista? Talvez sim, talvez não. Mas que eu gostei do que eu vi, eu gostei.

– “Vamos dar uma volta?”

– “Mas pra onde?”

– “Ah, sei lá.. pra lá, pra lá ou pra lá”

Passados exatos 6 anos e 4 meses, vejo que muita coisa mudou. Eu já era santista, mas não me ligava em futebol, mal assistia e só perguntava pro meu Pai se o Santos tinha ganhado. A resposta quase sempre era negativa. Eu queria tocar guitarra, mas nunca tive coragem de fazer aula pra aprender. Gostava de rock, mas não conhecia os clássicos do rock and roll. Já tinha ido a muitos shows e tietado muito. Mas foi depois daquele dia 26.06.2004 que eu realmente virei santista e comecei a gostar de futebol, aprendi a gostar (e muito!) dos clássicos do rock and roll, “aprendi a tocar” violão e guitarra e ganhei a melhor companhia de shows do mundo.

Quem é?

Um moço alto, gostoso, moreno, “nigão”, cabeçudo, teimoso, muito engraçadinho, gambá roxo, guitarrista, camera man, chato, dominador de controles remotos, admirador de bons filmes e que não gosta de CPM22, mas acha o Tico Santa Cruz gostoso.

Um cara que me ensinou valores maravilhosos da vida, como a dar valor aos seus pais porque eles tem prazo de validade e não duram para sempre. Tentou fazer eu virar Corinthiana, mas pro azar dele,  meu Santos só ganhou os campeonatos seguintes e frustou as inexistentes chances dele. Me fez vestir aquela camisa de gambá duas vezes, uma por me dar um “pedrinho” e a outra por causa de uma droga de uma aposta, mas nunca vestiu a do peixe. Que teve muita paciência (e falta dela) pra me ensinar a “tocar” violão, com um violão preto que eu ganhei dele com 3 meses de namoro.

Mas você pensa que a vida a dois é lindo, maravilhoso, tudo cheio de flores e floreios? Never! É mais difícil do que coordenar e parar um ataque de bomba nuclear em Hiroshima. Há muitos altos e baixos, trilhões de pedras no caminho. E se você não suportar a pressão, acaba desistindo na primeira ou segunda pedra que aparecer. Como eu disse ontem no meu twitter: nunca desistem de seus sonhos na primeira pedra no caminho! Se eu tivesse desistido, teria perdido o homem que me faz tão bem nesses últimos anos. Ele é um dos meus sonhos que virou realidade.

Sabe aquela história de preferir ir pra Plutão a ter que casar e ter filhos? Pois é. Ele também me fez mudar essa ideia. Sonho com o dia do meu casamento todos os dias, sonho com cada detalhes, cada movimento e acabo rindo sozinha. Filhos? Nem tanto, mas sempre que vejo uma grávida ou um bebê, fico pensando como será nossos filhos. Se vejo uma criança birrenta e melequenta, a vontade de ter filhos foge pra bem longe =X.

Mas isso não impede de eu sentir aquela dor na barriga de ansiedade pra chegar logo o dia em que estaremos morando na mesma casa, vivendo nossa vida a dois, brigando pela coberta e discutindo sobre o controle remoto. Tentando apagar o fogo da cozinha ou comer o ovo cru com arroz queimado que iremos preparar na janta. Ou simplesmente duelar no nosso video game pra saber quem é melhor no Mário Kart. Melhor ainda, ficar deitadinhos juntos vendo um filminho no domingo a tarde depois de uma vitória do Santos sobre o Corinthians de 8 x 1 =D.

Enfim, toda essa enrolação é só pra mandar uma mensagem pro meu Amor:

“Não importa o que aconteça em nossas vidas, você sempre será meu grande amor. Te amarei para sempre! E ficaremos juntos para sempre, como eu digo desde de quando nos conhecemos. Obrigado por tudo Hé!”

All we need is just a little Patience

One, two, one, two, three, four

Shed a tear ‘cause I’m missing you
I’m still alright to smile
Girl, I think about you every day now
Was a time when I wasn’t sure
But you set my mind at easy
There is no doubt you’re in my heart now

Said, woman, take it slow
And it’ll work itself out fine
All we need is just a little patience
Said, sugar, make it slow
And we’ll come together fine
All we need is just a little patience (Patience)

I sit here on the stairs
‘Cause I’d rather be alone
If I can’t have you right now I’ll wait, dear
Sometimes I get so tense
But I can’t speed up the time
But you know, love, there’s one more thing to consider

Said, woman, take it slow
And things will be just fine
You and I’ll just use a little patience
Said, sugar, take the time
‘Cause the lights are shining bright
You and I’ve got what it takes to make it

We won’t fake it
Oh, I’ll never break it
‘Cause I can’t take it

Little patience, yeah
Need a little patience, yeah
Just a little patience, yeah
Some more patience, yeah

I’ve been walking the streets at night
Just trying to get it right (Need some patience, yeah)
It’s hard to see with so many around
You know, I don’t like being stuck in the crowd (Could use some patience, yeah)

And the streets don’t change but, baby, the names
I ain’t got time for the game (Gotta have some patience, yeah)
‘Cause I need you, yeah
Yeah, but I need you (All it takes is patience, yeah)

Oh, I need you (Just a little patience)
Oh, I need you (Is all you need)
Oh, this time

 

(…Patience – Guns and Roses…)

“Eu nunca vou te abandonar, porque eu te amo. Vou gritar pro mundo todo que você é meu amor primeiro”

Deixe um comentário

Arquivado em Amor

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s